• Poesia

As impurezas do branco

 

Publicado pela primeira vez em 1973, As impurezas do branco é um livro singular na vasta e aclamada carreira do autor mineiro. O poeta se mostra permeável ao concretismo, à poesia de tonalidade menos cultivada - estamos na década que assistiria ao aparecimento da “geração mimeógrafo” -, à espacialidade da página em branco. 
Atento aos acontecimentos do seu tempo, o poeta observa, com ironia e até alguma malandragem carioca, o cotidiano do Brasil e do mundo. Grandes notícias, fait divers, o verão na Cidade Maravilhosa, papel da publicidade em nossas decisões - nada escapa ao crivo crítico e debochado do poeta mineiro.

 

 

Título original: AS IMPUREZAS DO BRANCO
Capa: warrakloureiro 
Páginas: 168
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Peso: 0.244 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 26/06/2012
ISBN: 9788535921106
Selo: Companhia das Letras

Veja também
  • Poesia
  • Antologias